Uploaded with ImageShack.us

domingo, 20 de novembro de 2011

Amadurecência



A poesia prevalece!!

O primeiro senso é a fuga.

Bom…
Na verdade é o medo.
Daí então a fuga.
Evoca-se na sombra uma inquietude
uma alteridade disfarçada…
Inquilina de todos nossos riscos…
A juventude plena e sem planos… se esvai
O parto ocorre. Parto-me.
Aborto certas convicções.
Abordo demônios e manias
Flagelo-me
Exponho cicatrizes
E acordo os meus, com muito mais cuidado.
Muito mais atenção!
E a tensão que parecia não passar,
“O ser vil que passou pra servir…
Pra discernir…”
Pra pontuar o tom.
Movimento, som
Toda terra que devo doar!
Todo voto que devo parir
Não dever ao devir
Não deixar escoar a dor!
Nunca deixar de ouvir…
com outros olhos!

Fernando Anitelli

3 comentários:

  1. ola , sou um dos seus amigos no dihitt , vim vizitar seu blog se poder vizite o meu se ainda não segue me siga por favor e , confira o filme amanhecer deixe sua opnião o blog é
    clica para entra no site e assistir os filmes

    ResponderExcluir
  2. Olá boa-noite, encontrei seu blog recentemente e gostei muito, seus textos são ótimos!!!
    Já estou seguindo! SE puder visitar e seguir o meu, agradeço de coração:
    http://therevolucaonerd.blogspot.com/

    ResponderExcluir
  3. Lindo demais minha amiga.
    Irei partilhar em outros cantos!!!
    Abraços

    ResponderExcluir

Deixe sua opinião sobre o texto.

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...